compras acima de

Qual é a diferença entre cosméticos naturais, orgânicos, limpos, veganos e sem crueldade animal?

São muitos termos para entender, nós sabemos! Por isso nesse blog nós vamos te explicar tudinho detalhadamente.

Se você está procurando ter um consumo mais sustentável e mais próximo da natureza, com certeza já se deparou com muitos termos que às vezes fica difícil de entender. Por isso, criamos este glossário com os principais tipos de cosméticos da beleza atual. Esperamos que esse blog te ajude a encontrar o cosmético que mais combina com suas necessidades e ideais. Vamos lá?

Cosméticos Veganos

Os cosméticos veganos são aqueles em que não é usado nenhum tipo de ingrediente de origem animal e não são testados em animais. Eles podem ter complementos artificiais e/ou sintéticos, mas não podem conter ingredientes como mel, leite e colágeno natural.

Cosméticos Cruelty Free

O termo Cruelty Free, traduzido para “Livre de Crueldade”, é aplicado para os cosméticos de qualquer tipo – independente de serem naturais, orgânicos, veganos ou sintéticos – que apenas não tiveram as fórmulas testados em animais. 

Cruelty Free não é sinônimo de Vegano, este último possui maiores restrições em relação ao bem-estar animal. A principal diferença é que o Vegano leva em consideração até mesmo a origem dos ingredientes, enquanto o Cruelty Free, não, apenas a fórmula do produto final. 

Cosméticos Naturais

Já os cosméticos naturais são feitos com ingredientes derivados da natureza. Eles tendem a ser livres de parabenos, silicones, cores artificiais e conservantes agressivas (ou seja, sem tóxicos). Devem conter uma proporção maior de matérias-primas naturais, sem a necessidade de serem orgânicas. 

Os ingredientes naturais podem estar em maior ou menor concentração. E para ser considerado natural, um ingrediente precisa ser extraído de fontes naturais. Para você ter uma noção, os ingredientes naturais precisam ter uma porcentagem mínima na formulação que varia de 80% a 10% com a proibição de alguns compostos nocivos a saúde e ao meio ambiente como, por exemplo, petróleo. 

Cosméticos Orgânicos

Os cosméticos orgânicos devem ter uma alta porcentagem de matérias-primas orgânicas em relação à quantidade total de matérias-primas naturais usadas na formulação. Os cosméticos orgânicos vêm de matérias-primas que passaram por um processo de produção livre de agrotóxicos ou fertilizantes. 

O uso de cosméticos orgânicos vai mais além de não consumir algo prejudicial a si mesma e aos envolvidos como a saúde dos agricultores, do solo, rios e animais de determinado ecossistema. 

Clean Beauty ou Beleza Limpa

Para se enquadrar na categoria “limpo”, o produto não deve ter ativos que podem causar malefícios à saúde e à pele, como alterações hormonais, irritação cutânea e câncer, além de ser proibido o uso de parabenos, ftalatos, sulfatos e fragrâncias sintéticas.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a diferença entre os termos dos cosméticos, cabe a você escolher qual te atende melhor para praticar seu autocuidado. 

Ficou curiosx para saber em qual categoria a True Care entra? São várias, mas agora dá pra entender tudinho: Nossos cosméticos são naturais, orgânicos, sem crueldade animal e sem ingredientes de origem animal. 

Não deixa de conferir nossa linha Jaspe:

 

compartilhe ;)

o que ler em seguida